“Quando alguém lhe der motivos para chorar, ofereça em troca, motivos para sorrir. Quando alguém lhe insultar ou insultá-lo para os outros, não retribua o insulto, procure comentar com alguém alguma qualidade que a pessoa tem. Não se desespere se tudo está errado, se as pessoas não lhe entendem, se ninguém está do seu lado e se a sua vida anda sem rumo. Escreva uma carta, uma frase, um texto, uma música. Escreva qualquer coisa, a poesia é bonita porque é intensa, fere e cura. E a arma mais perigosa que temos é o amor. Por este motivo, quando alguém lhe fizer mal, ofereça em troca, muito amor. Amor de verdade, daqueles que vem de lá do fundo do peito. No final, não somos julgados pelas coisas que recebemos, e sim, pelo que fazemos e oferecemos aos outros.”

Thamiris Dondóssola     (via renascer)